#MemóriaBAND: Cronologia, evolução e mudanças na logo da BAND ao longo dos anos

Logo no começo de suas operações em 1967, a TV Bandeirantes, canal 13 de São Paulo, utilizava para sua identidade gráfica, apenas alguns slides com um mascote, assim como as outras emissoras, como Excelsior, Tupi, Record e Globo. O mascote da Bandeirantes era um coelho vestido de bandeirante. No vídeo abaixo, você confere slides exemplificando como eram algumas  imagens na época:

 

Além do coelho mascote, a logomarca oficial da Bandeirantes era essa que você confere na imagem abaixo:

RTB = Rádio e Televisão Bandeirantes

Com a implantação das cores na televisão brasileira em 1972, a rede de TV americana, NBC, emprestou seu pavão colorido para ser a logo da Bandeirantes, auxiliando o ajuste de cores, como você vê na imagem acima.

Em 1978, a Bandeirantes começou a ampliar a cobertura de seu sinal no território nacional, e assim, começou a se formar a Rede Bandeirantes de Televisão. Nesta mesma época, a Bandeirantes começou a utilizar mais vinhetas e “jingles“, como essa que você confere no vídeo abaixo:

Em 1981, a logomarca da Bandeirantes passou por uma alteração, que iria ter uma curta duração de aproximadamente 1 ano e meio. Essa alteração já era algo mais próximo da forma que a logo possui atualmente, semelhante a um olho. Essa também foi a época que a Bandeirantes contratou Walter Clark para a direção geral de programação da emissora. Walter Clark e José Bonifácio (Boni) foram os responsáveis pela bem sucedida criação do padrão de grade fixa de programação da Rede Globo:

No ano de 1982, mais especificamente, no dia 29 de setembro, a Bandeirantes comemorava o fato de ser a primeira rede de televisão da América do Sul a realizar transmissões via satélite. Para coroar essa comemoração, a emissora estreou sua nova logo e novos pacotes gráficos, que foram desenvolvidos pelo designer Cyro Del Nero, que estava vindo da extinta Rede Tupi. A marca ganhou as cores vermelha e tons de cinza e preto, com dois triângulos paralelos na horizontal. Confira as vinhetas desta época:

A partir de 1982, a Bandeirantes também exibia mini-vinhetas com um apelo infantil, já utilizando a nova marca, em uma tentativa de emplacar o apelido “BAN” para a emissora:

Abaixo você confere a vinheta da logomarca da emissora em 1984:

A seguir, o vídeo da breve vinheta, que se popularizou no ano de 1985:

No vídeo abaixo você confere a vinheta de 1988:

Em 1989, os triângulos paralelos se unem, e a logo ganha uma cara mais parecida com a forma atual, mas ainda utilizando a cor vermelha com tons de cinza:

Já em 1990, a Bandeirantes entra na nova década modernizando um pouco mais o visual de sua marca, trazendo mais brilhos, sombras, aspecto metalizado e efeitos tridimensionais:

Em 1992, a Bandeirantes divulgou uma vinheta comemorativa de seus 25 anos no ar:

Nos anos seguintes, 1993 e 1994, a Bandeirantes utilizava a vinheta que você confere abaixo:

Mas foi no ano de 1994, que a Bandeirantes adotou o apelido “BAND“. Nos anos anteriores, a emissora tentou emplacar o apelido “Ban”, porém esse apelido não caiu no gosto popular. Na mesma época, a Band foi pioneira na televisão brasileira ao utilizar uma “marca d’água” no canto direito inferior da tela, com a marca da emissora. A logo no canto da tela durante a exibição de suas atrações, servia para facilitar para o público a identificação de qual canal estava sintonizado.

A Band já estava começando a adotar uma imagem cujo objetivo era um maior apelo popular. Isso é perceptível na vinheta de 1995:

Em 1996 a emissora utilizou duas vinhetas para a logomarca. A segunda mostra a marca da emissora com mais brilhos, sombras, aspecto mais metalizado e efeitos mais tridimensionais ainda:

O ano de 1997, era o momento que a Band completava 30 anos no ar. E a administração desta época evidentemente jamais iria deixar passar em branco esse momento importante na história da estação de TV, tanto que realizaram uma vinheta comemorativa desta data:

Com a transmissão da Copa do Mundo de 1998, a Band começou a utilizar algumas vinhetas personalizadas para o evento, ao longo daquele ano:



Para o ano de 1999 a Band realizou pequenas alterações na vinheta de sua marca:

Para o ano 2000 a Band também realizou alterações mínimas:

Em 2001, com a inauguração da Central de Jornalismo e da estreia do canal BandNews e do Grupo Band como programadora nas operadoras de TV por assinatura, além da chegada de Rogério Gallo na direção da emissora, o canal já começou a exibir novas vinhetas para essa nova fase, na qual o objetivo era abranger públicos mais variados:

Em 2002 a Band entrava em uma nova fase, na qual o objetivo era dar um ar de mais brasilidade para a emissora. O ano de 2002 também foi marcado por um movimento em direção a uma reinvenção de sua marca, abandonando as tradicionais cores vermelha, cinza, preto e branco e adotando o verde e amarelo. Veja abaixo a estreia da nova marca do canal naquele ano, com as cores que vigoram até hoje na logo da emissora:

No fim do ano de 2002, a Band também elaborou vinhetas que reuniam o elenco da emissora naquela época, para comemorar as festas de fim de ano:

Nos anos seguintes, até 2005, a Band continuou com a mesma proposta gráfica, realizando pequenas mudanças apenas:

Em 2005, a Band elaborou uma nova campanha e slogan, “Prazer em Ver“. No mesmo ano, a emissora também estava reativando o seu núcleo de dramaturgia, com a novela Floribella:

Em 2007, foi apenas divulgada uma vinheta de comemoração dos 70 anos do Grupo Bandeirantes de Comunicação. Naquele ano a Band também estava comemorando 40 anos no ar:

Ainda com o slogan “Prazer em Ver”, começaram a ser divulgadas chamadas e vinhetas institucionais, que valorizavam o “tripé” de programação, que é voltado para as áreas de Entretenimento, Jornalismo e Esportes. Cada uma dessas áreas ganhou uma vinheta específica:

Em 2008, com o início do sinal digital e das transmissões em alta definição, a Band começou a abandonar o estilo “flat design“, e começou a utilizar mais efeitos tridimensionais na logomarca verde e amarela:

A partir de 2010, a Band voltou a utilizar brilhos, sombras, aspecto metalizado e efeitos tridimensionais na logomarca. As sombras e os brilhos formam um visual de sorriso na logo que continua verde e amarela. Desde então, foram realizadas apenas algumas pequenas alterações no visual da marca oficial. Em 2010, era utilizada a tipografia “BAND” abaixo do olho, mas a partir de 2011, essa escrita abaixo da logo, passou a ficar itálica, “BAND“.

Desde 2011, a logomarca passou por pouquíssimas alterações. Ao longo dos últimos anos, a logo ganhou apenas vinhetas com versões estilizadas.

Em maio de 2017, foi divulgada uma vinheta e peças gráficas de comemoração dos 80 anos do Grupo Bandeirantes de Comunicação e dos 50 anos da Rede Bandeirantes de Televisão.

 

 

 

  • Ainda não há previsão de mais alguma renovação da identidade visual da Band.
Facebook Comments